Fundos DI, Fundos na Arena

Os fundos renda fixa e DI que renderam menos que a poupança em outubro

real_nota_moedas_8

Entre os maiores fundos renda fixa, DI e Curto Prazo do mercado, alguns mal conseguem acompanhar o rendimento das cadernetas de poupança. O pior é que vários são fundos de varejo dos bancos, com grande número de investidores. A baixa rentabilidade reflete as taxas de administração elevadas, que chegam a 5% ao ano, ou quase metade do juro básico, de 14% ao ano.

E a tendência é que a situação desses fundos piorem à medida que os juros caiam, como é esperado para os próximos meses. Com juros mais baixos, o impacto da taxa de administração aumenta e o banco fica com uma parte maior do rendimento. A previsão é que os juros caiam para 10% ao ano no fim do ano que vem, ou menos. Com esse nível de juros, os fundos só serão competitivos em relação à poupança se cobrarem 2% ao ano ou menos de taxa de administração.  Hoje, essa taxa de administração pode ser de até 3% ao ano.

Na tabela abaixo, os fundos foram ordenados por seu rendimento em outubro. Para empatar com a poupança, que pagou 0,66% no mês passado, esses fundos teriam de render 0,85% para compensar o imposto de renda de 22,5% para aplicações até seis meses. Oito não conseguem atingir esse rendimento, enquanto três empatam. E há os que não conseguem ganhar da poupança mesmo com imposto de renda menor, de 15%, para aplicações acima de dois anos, e que teriam de atingir um rendimento bruto de 0,78%.

Perdendo aplicadores

Uma boa notícia é que os fundos com piores rendimentos estão perdendo aplicadores. A relação entre o patrimônio em outubro e a média em 12 meses dos menores rendimentos está abaixo de 100%, o que quer dizer que o patrimônio diminuiu em relação à média.

Ganho maior no ano e em 12 meses

Alguns conseguem, porém, um ganho maior que o da poupança no ano, de 6,88% líquidos. Para isso, precisam render, brutos, 8,60%, para compensar o imposto de renda de 20% nas aplicações acima de seis meses. Se for considerado o imposto de 15%, para dois anos, o ganho teria de ser de 8,10% brutos no período.

Já em 12 meses, para empatar com o ganho de 8,33% da poupança, o fundo teria de render 10,10%, para compensar o imposto de 17,5%. Mas isso não vale para fundos Curto Prazo, que têm alíquota mínima de 20%. Nesse caso, esses fundos CP precisariam render 10,41%.

A lista inclui fundos DI, curto prazo e renda fixa, e foram selecionados usando o sistema da Economática por seu perfil de risco. Entre eles estão fundos gigantes como o Classic DI, do Santander, com 133 mil investidores, ou o Hiperfundo do Bradesco, que sorteia prêmios, com 265 mil cotistas ou ainda o BB RF 100 do Banco do Brasil, com 414 mil investidores.

Na segunda tabela, estão os 15 maiores fundos do mercado por número de cotistas, ou seja, os mais populares.  Dos 15 maiores, nove conseguem bater os 0,85% necessários para superar a poupança no mês. No ano, 11 conseguem superar os 8,60% mínimos para empatar com as cadernetas. E, em 12 meses, seis rendem mais que os 10,10% para se igualar à poupança.

Vale lembrar que os fundos têm algumas vantagens sobre a poupança, como o saque sem perda de rendimento a qualquer momento e a possibilidade de aplicações em períodos quebrados, um mês e meio, por exemplo, o que não funciona na poupança, que só considera o mês fechado. Mas não é por isso que o fundo pode ter um rendimento tão mais baixo que o da poupança.

 

Igual ou menos que a poupança
Nome Classificação Cotistas Patrimônio PL/média Outubro No ano 12 meses 24 meses
Santander Inteligente RF CP Dur. Baixa Soberano 40.170 865.330 86,41 0,61 6,61 8,00 15,34
Santander Classic RF Ref DI Dur. Baixa Grau Invest. 133.482 2.660.463 90,84 0,65 7,06 8,56 16,67
Bradesco DI Hiperfundo Dur.Baixa Grau Invest. 264.764 4.281.896 93,23 0,73 7,99 9,69 19,08
BB RF LP 100 FICFI Dur. Baixa Soberano 413.924 9.836.144 101,17 0,74 8,03 9,73 19,06
BB RF CP Automatico Fc Dur.Baixa Soberano 122.274 10.803.733 113,14 0,75 8,16 9,87 19,36
BB CP Estilo FICFI Dur. Baixa Soberano 122.298 3.880.320 112,68 0,81 8,77 10,61 20,97
BB RF CP 200 FICFI Dur. Baixa Soberano 219.054 6.187.229 101,39 0,84 9,20 11,15 22,15
Bradesco Simples Brilhante Renda Fixa Simples 11.357 2.235.860 312,27 0,84 9,20 11,18 22,38
Santander Senior RF Ref DI Dur. Baixa Grau Invest. 12.784 811.188 154,03 0,85 9,28 11,27 22,57
BNB FICFI RF CP Dur.Baixa Soberano 34.808 573.765 102,17 0,85 9,28 11,24 22,38
Itau RF Ref DI Super FICFI Dur. Baixa Grau Invest. 33.163 1.294.118 106,70 0,85 9,42 11,42 22,79

Fonte: Economática

 

 

Mais populares
Nome Classificação Cotistas Patrimônio PL/Média Outubro No ano 12 meses 24 meses
BB RF LP 100 FICFI Dur.Baixa Soberano 413.924 9.836.144 101 0,74 8,03 9,73 19,06
BB RF 500 FICFI Dur. Média Grau Invest. 373.646 10.078.348 100 0,91 9,90 12,01 24,04
Bradesco DI Hiperfundo Dur. Baixa Grau Invest. 264.764 4.281.896 93 0,73 7,99 9,69 19,08
Caixa Giro Imediato DI LP Dur. Baixa Grau Invest. 231.459 5.650.589 100 0,93 10,20 12,39 24,96
BB RF CP 200 FICFI Duração Baixa Soberano 219.054 6.187.229 101 0,84 9,20 11,15 22,15
BB RF Ref DI Plus Estilo Dur. Baixa Grau Invest. 149.414 8.577.770 112 0,98 10,83 13,20 26,65
Santander Classic DI Dur. Baixa Grau Invest. 133.482 2.660.463 91 0,65 7,06 8,56 16,67
BB CP Estilo FICFI Dur. Baixa Soberano 122.298 3.880.320 113 0,81 8,77 10,61 20,97
BB RF CP Automatico Fc Dur. Baixa Soberano 122.274 10.803.733 113 0,75 8,16 9,87 19,36
Uniclass DI Master Duração Baixa Grau Invest. 89.083 14.845.378 108 0,98 10,79 13,10 26,52
Caixa FIC Giro Mpe DI Dur.Baixa Grau Invest. 86.906 3.419.052 99 0,95 10,39 12,61 25,46
BB CP 50 Mil FICFI Dur. Baixa Soberano 79.613 8.529.891 97 0,97 10,62 12,89 25,99
Santander Master DI Dur. Baixa Grau Invest. 79.569 8.804.979 121 0,99 10,85 13,19 26,79
Itau Uniclass Premium DI Dur. Baixa Grau Invest. 79.499 4.196.388 110 0,94 10,41 12,64 25,49
BB RF Ref DI 500 Fc Dur. Baixa Grau Invest. 74.586 1.761.186 97 0,90 9,90 12,06 24,10

Fonte: Economática.

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo