Arenas das Empresas, Notícias do dia

Genial, ex-Geração Futuro, promete brigar com a XP pela liderança das corretoras

juros_bolsa_inflação_dólar_cambio_investimentos_internet_telefonia_mercados

O mercado de corretoras e de assessoria de investimentos foi chacoalhado neste mês quando o Itaú lançou a plataforma “360°” em conjunto com uma agressiva campanha de marketing. O banco sugere que os clientes “repensem” o jeito de investir ao quebrar ele próprio um paradigma para oferecer produtos de outras instituições e gestoras. Este foi um cutucão para a líder do mercado, a XP Investimentos, mas também um incentivo a mais para a Genial Investimentos (Ex-Geração Futuro) antecipar a divulgação da sua estratégia de crescimento com nova identidade visual (veja aqui a campanha) e produtos, conforme reportagem de Gustavo Kahil publicada no site MoneyTimes.

A batalha comprada por Eduardo Moreira, sócio-diretor da Genial, busca tornar a marca da corretora do Banco de Investimentos Brasil Plural mais conhecida para os potenciais novos clientes e investidores egressos dos bancos.

Quem entende são as corretoras

“Antecipamos a campanha quando o maior banco de varejo do país, incomodado com a saída de clientes para a XP e a Genial, assumiu em sua propaganda que quem entende de investimentos são as corretoras. Por isso, resolvemos nos apresentar para o Brasil, para 150 milhões de pessoas, e não só para nossos 150 mil clientes”, disse em entrevista ao Money Times.

Sistema de “white libel”

A Genial, acrônimo para “Geração de Negócios Online”, investiu entre R$ 20 milhões a R$ 30 milhões, nos últimos três anos, na unificação e modernização da plataforma de investimentos que pretende concentrar todos os produtos da casa em um só lugar.

“Com isso, todo o mercado poderá se plugar em nós. Seremos uma espécie de ‘white label’, ou seja, o agente autônomo poderá ter um site e um aplicativo, de última geração, com a cara dele e feita para os seus clientes”, ressalta Moreira.

Meta de 200 mil clientes

Apostando em um novo momento econômico do país, a corretora quer finalizar a implementação da nova ferramenta em três meses, plugar as maiores empresas de investimentos do país, e alcançar novos 200 mil clientes em 12 meses. “As pessoas vão ver a nossa mudança de patamar”, aposta Moreira.

Para isso, o executivo ressalta que a Genial observa o movimento do mercado, que recentemente contou com a XP abocanhando a Clear e a Rico.

“O mercado está propício para isso porque muitas corretoras são familiares e estão perdendo o ritmo. Sempre estudamos a incorporação ou parceria para operações em conjunto na nossa nova tecnologia”, explica. O último movimento neste sentido da Genial foi a compra da carteira de clientes e o sistema da Wintrade. “A nossa ideia é brigar pela liderança com a XP”, conclui o executivo.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Receba nossas novidades no seu e-mail.
Enviar