Arena Renda Fixa, Poupança

Caixa capta R$ 944 milhões em poupança no ano com maior procura após queda dos juros

Renda_Fixa_poupança_caderneta_porco_cofre_cofrinho

Com captação líquida acumulada de R$ 944,1 milhões até agosto de 2017, a Caixa Econômica Federal confirma a tendência de crescimento dos depósitos em poupança, de maneira diferente do comportamento observado no mercado que, segundo dados do Banco Central, acumulava perdas de R$ 12,8 bilhões até 28 de agosto, informou hoje a instituição. Nos últimos 12 meses, o saldo da poupança da Caixa registrou um crescimento de 9,8%, atingindo R$ 261 bilhões e aumentando sua participação de mercado para 38,23%.

Além da rentabilidade atrativa, o crescimento do número de contas de poupança abertas ao longo dos últimos 12 meses na Caixa, um total de 7,1 milhões, são fatores que contribuíram para a captação positiva, diz o vice-presidente de Produtos de Varejo da Caixa, Fábio Lenza.

Com a redução da Taxa Selic, a rentabilidade da poupança passou a ser mais atrativa em relação a outros investimentos tais como CDB e Fundos, a depender do prazo e do valor. A Caixa divulgou um comparativo para uma aplicação de R$ 10 mil e prazo de aplicação de 30 dias. Na comparação, a caderneta tem um rendimento em um mês maior que o de um CDB com juros de 90% do CDI e que um fundo DI com taxa de 1,5% em um mês. A vantagem se deve à isenção da caderneta, enquanto fundos e CDB pagam imposto de renda de 22,5% em um mês. Além disso, o fundo tem taxa de administração, o que reduz seu ganho. Em prazos maiores, o imposto é menor e a vantagem da caderneta diminui.

Artigo AnteriorPróximo Artigo