Arena Renda Fixa, Títulos Públicos

Saldo do FGTS inativo poderá ser transferido para outro banco sem taxa; cliente da Caixa recebe na conta

saque_de_contas_inativas_do_fgts

A transferência de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) da Caixa Econômica Federal para outros bancos poderá ser feita sem cobrança de taxas, a pedido do trabalhador. Respeitado o calendário de saque das contas inativas, o beneficiário deve ir a uma agência da Caixa para realizar a operação de transferência – DOC ou TED – para conta de outros bancos.

Sugestão de leitura Empiricus: Os melhores fundos de investimentos

Caso o trabalhador tenha uma conta poupança na Caixa, o dinheiro da conta inativa do FGTS será transferido automaticamente para essa aplicação. Apenas nesses casos, o beneficiário terá até 31 de agosto para transferir o dinheiro dessa conta para conta de outro banco, também sem taxas. A operação pode ser feita pelo site criado pela Caixa para o saque do FGTS das contas inativas, no endereço www.caixa.gov.br/contasinativas. Para ter acesso às opções da página, o trabalhador deve informar o número de inscrição do PIS e o CPF.

Saques com cartão

Trabalhadores que têm até R$ 1,5 mil em contas inativas do fundo poderão resgatar o dinheiro em caixas eletrônicos usando apenas a senha do Cartão Cidadão, mesmo que tenha perdido o documento. Para valores até R$ 3 mil, o saque só será feito com o cartão e a respectiva senha. Também será possível retirar o dinheiro diretamente em lotéricas – para saques até R$ 3 mil – e nas agências bancárias.

Para reforçar os atendimentos, a Caixa vai abrir as agências em um sábado por mês até julho, com exceção de abril (18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho).

A retirada do dinheiro das contas de FGTS inativas só poderá ser feita até o dia 31 de julho. Depois desse prazo, valerão as regras normais para saque, em casos como demissão sem justa causa, aposentadoria e aquisição de moradia própria.

Trabalhadores vão cedo buscar informações

Um dia após o anúncio do calendário de saque de contas inativas do FGTS, as agências da Caixa abriram hoje duas horas mais cedo, para esclarecer dúvidas dos trabalhadores. Em Brasília, uma dúvida comum entre os que foram até uma agência da Caixa era saber se eles tinham saldo em alguma conta inativa.

“Eu vim saber se tinha direito a receber. O atendimento foi muito bom e rápido. Como trabalho aqui perto, a agência abrindo mais cedo me ajudou. Mas eu vou ter que voltar, porque a atendente não encontrou no sistema minha conta. Eu tenho a carteira que comprova o meu vínculo, então vou voltar depois para conferir”, disse o auxiliar em manutenção João Batista Alves, de 53 anos.

Contas antigas exigem carteira de trabalho

Segundo a superintendente regional da Caixa, Tereza Teixeira, as contas antigas serão analisadas pelos gerentes porque os valores não eram centralizados na Caixa. “Anteriormente, o processamento do Fundo de Garantia não era centralizado na Caixa. Então, nós recomendamos que os clientes com contas antigas procurem a agência com a carteira de trabalho que comprove o vínculo empregatício em mãos para que possa ser feita uma análise pontual dos casos específicos.”

O pedreiro Francisco Silveira, de 44 anos, também procurou a Caixa para saber o saldo da sua conta inativa. “Fiquei três anos sem carteira assinada. Então, o valor vai ajudar muito, vou pegar esse dinheiro para pagar minhas dívidas. E, como a agência abriu mais cedo, consegui tirar minhas dúvidas e vou conseguir resolver outras coisas.”

Atendimento até sábado

Tereza informou que o atendimento em horário ampliado continua até sábado. “A Caixa está totalmente voltada para o atendimento diferenciado das contas inativas do Fundo de Garantia. Em todo o Brasil, as agências abriram duas horas mais cedo hoje, continuam até sexta-feira e atenderão no sábado também das 9 às 15 horas. Muito no sentido de prestar esclarecimentos, informações e fazer atualização cadastral.”

Ela recomenda que os trabalhadores entrem no site antes de procurar uma agência. “As informações [no site] estão muito didáticas e explicativas. Com o número do CPF [Cadastro de Pessoa Física]  ou do NIS [Número de Identificação Social], ele consegue consultar se tem direito e qual o valor disponível. Temos ainda 0800-726-2017 que também está preparado para prestar esclarecimentos.”

Conta na Caixa

Os clientes que têm conta-poupança na Caixa terão o valor creditado automaticamente na conta, independente do valor, obedecendo ao calendário de liberação dos pagamentos. Se o trabalhador tem conta-corrente na Caixa, ele pode indicar no site a conta para crédito do valor.

Os saques poderão ser feitos a partir de 10 de março até 31 de julho, apenas em contas que foram desativadas até 31 de dezembro de 2015.

A autorização para o saque de todas as contas inativas do FGTS faz parte de uma série de medidas do governo federal anunciadas em dezembro com o objetivo de estimular a economia. Contas inativas do FGTS são aquelas que não recebem mais depósito do empregador porque o trabalhador foi demitido ou saiu do emprego.

As informações são da Agência Brasil.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Receba nossas novidades no seu e-mail.
Enviar