Arena Previdência, Previdência Privada

Os fundos multimercados que “mitaram” em 2016; rendimentos de até 78%

Arena Renda Fixa

O ano de 2016 foi difícil até para os gestores tradicionais de multimercados, que tiveram ganhos extraordinários em 2015 graças à alta do dólar e dos juros, mas sofreram no ano passado para repetir o desempenho. A forte oscilação dos mercados, que fez o Índice Bovespa passar de menos de 40 mil pontos para mais de 65 mil, e a eleição de Donald Trump nos EUA quando tudo parecia entrar nos eixos por aqui, surpreendeu os que esperavam um movimento mais linear. Mas a maioria conseguiu superar o juro diário do CDI acumulado no ano, de 13,94%.

Levantamento feito com a ferramenta de fundos do sistema Economática revela que, de uma amostra de 103 fundos multimercados com patrimônio acima de R$ 20 milhões e que afirmam aceitar investimentos de varejo, 66 renderam mais que o CDI no ano até 30 de dezembro.

E alguns foram muito bem, como o XP Long Biased, um fundo pequeno da gestora da XP que acumulou ganho de 78,18% em 2016 e 94,5% desde 2015, um pouco até fora da curva. Um pouco do seu ganho se explica pelos riscos assumidos pelo gestor: o indicador Value at Risk (VaR), que mostra quanto o fundo pode perder em um ano, chegou a mais de 18%, o maior da amostra. Ou seja, o fundo correu mais risco para ganhar isso tudo.

O fundo aplica em outra carteira com o mesmo nome, o XP Long Biased FI Multimercado que, em sua última carteira aberta, concentrava fortemente as aplicações em algumas ações, como Itaú Unibanco PN, com 16% das aplicações, Transmissão Paulista PN, mais 16%, Bradesco PN, BB Seguridade e Sabesp ON, mais 10% cada, perfazendo 63% do total.

Fundo multimercado de bolsa

A estratégia do XP Long Biased é baseada em outro fundo, mas de ações, o XP Investor FIA, explica João Luiz Braga, gestor de renda variável da XP Gestão. O Investor FIA está também entre os mais rentáveis do ano passado entre os fundos de ações, com ganho de 48% no ano passado.

Braga e o colega Marcos Peixoto são os responsáveis pelo XP Long Biased, que é um fundo de bolsa de valores. “Ele é multimercado para podermos fazer estratégias que em um fundo de ações não seriam permitidas, como proteger toda a carteira ou até alavancar, mas seguimos as mesmas estratégias de seleção de ações da carteira de ações e ele tem uma volatilidade semelhante ao de um fundo de ações”, explica Braga. Assim, os dois fundos estão sempre comprados em 10 a 20 papéis com bom potencial de alta.

A diferença é que o multimercado, ao verificar que o mercado pode cair, se protege fazendo hedge no mercado futuro de Índice Bovespa ou no mercado de opções de ações ou com uma carteira “vendida”. “Montamos uma carteira vendida com até 100 ações que tenham uma correlação direta com os papéis que temos comprado e, caso o papel caia, ganhamos na carteira vendida”, diz.

Apesar disso, o Long Biased vai sempre seguir a bolsa, para cima ou para baixo: os mecanismos de hedge em geral vão atenuar perdas e ampliar os ganhos apenas. Braga explica que o fundo teve estratégia defensiva de meados de 2015 até fevereiro do ano passado, quando então resolveram apostar na alta da bolsa. E acertaram em cheio o momento. “Não foi pelo cenário político, foi mais porque a bolsa estava muito barata, o dólar já havia estabilizado perto de R$ 3,90, o que permitiu a entrada de estrangeiros e a confiança começou a dar sinais de melhora”, diz.

Mais riscos

Outros que também correram mais riscos foram o Sparta Cíclico e o JGP Equity, que têm ações em suas carteiras, o que aumenta suas oscilações e seu risco.

O destaque de 2016, diferentemente do ano anterior, são fundos menos conhecidos ou menores. Do total, 13 conseguiram rendimentos acima de 20% no ano, como o Kapitalo Zeta, o Mauá Macro, do ex-diretor do Banco Central (BC) Luiz Fernando Figueiredo, e o Sparta Cíclico (ver abaixo).

Fundos sofreram com dólar e exterior

Outros gestores, porém, sofreram com a instabilidade do dólar, caso dos fundos com aplicações no exterior, que ganharam no ano passado com a alta da moeda americana e devolveram parte dos ganhos. Com a queda do dólar no ano passado, de 17,67%, os multimercados com aplicações lá fora tiveram perdas, como o Itaú Multiestratégia S&P 500 ou o Safra S&P Special, com prejuízos de quase 10% no ano, mas ganho de 33,29% e 34,32% em dois anos, respectivamente.

Sem contar esses fundos mais voltados para o exterior, alguns gestores tiveram um desempenho mais modesto este ano (ver segunda tabela).

Grandes casas, desempenho mais modesto

Já as grandes casas especializadas em multimercados, como a Verde Asset, a SPX ou o Safra, tiveram resultados mais modestos em 2016, mas que, se somados aos do ano passado, ainda representam um bom ganho. Provavelmente, os gestores procuraram reduzir o risco no ano passado diante das fortes oscilações e do bom desempenho de 2015.

O fundo Verde, um dos maiores multimercados do mundo, aparece na amostra com uma de suas diversas carteiras – há outras que reproduzem a mesma estratégia, mas como são destinadas a clientes exclusivos, não divulgam seus números ao mercado. Até dia 30, o Verde tinha ganho no ano de 14,95%, superando o CDI e acumulando 47,86% no ano.

O SPX Nimitz, do ex-BC Beny Parnes, acumulava 19,06% no ano e 51,62% em dois anos. Já o Garde D’Artagnan, do ex-presidente da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), Marcelo Giufrida, tinha 17,99% no ano e 46,06% em dois anos. E o Safra Gallileo Special aparecia com 17,02% no ano e 38,64% em dois anos. O Gávea Macro, do ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, tinha ganho de 16,04% no ano e 47,45% em 12 meses e o Ibiúna Hedge, de dois ex-diretores do BC, rendia 14,33% no ano e 35,53% em dois anos (ver terceira tabela abaixo)

Confira abaixo os multimercados com maior rendimento em 2016, os com menor rendimento e os maiores fundos do mercado.

 

Maiores Rendimentos
Nome Classe Gestora Cotistas Patrimônio R$/Mil 2016 2015/2016 VaR Sharpe 1 ano
Xp Long Biased Livre Xp Gestao 3.134 168.847 78,18 94,5 18,29 3,23
Kapitalo Zeta Livre Kapitalo 160 370.418 34,8 57,03 8,97 2,1
Maua Macro Macro Mauá Invest 2.049 456.609 29,3 50,94 7,16 1,93
Sparta Ciclico FI Mult Macro Sparta 2.669 89.631 28,93 61,43 15,71 0,94
Itau Hedge Plus Vertice Macro Itau Unibanco 154 859.443 26,2 36,82 4,92 2,22
Jgp Equity FICFI Mult Estrat. Específ. Jgp Ltda 406 855.197 25,06 26,57 14,06 0,76
ARX Extra Fc FI Mult Livre ARX Invest. 1.919 780.846 24,61 36,36 6 1,59
Modal Tactical Mult Livre Modal Asset 1.258 162.681 24,15 50,3 4,91 1,87
Wa Us Index 500 FI Mult Estrat. Específ. Western Asset 350 138.257 22,77 37,66 13,1 0,66
ARX Especial FICFI Mult Macro ARX Invest. 208 93.567 21,52 34,42 4,78 1,42
Kapitalo Kappa Livre Kapitalo 906 431.491 21,07 37,15 4 1,59
Visia Zarathustra Livre Zeitgeist Tech Invest. 391 60.305 20,9 46,89 9,62 0,69
Canvas Enduro II Macro Canvas Capital 1.545 441.636 20,37 44,71 4,87 1,18
Mirae Macro Strategy Livre Mirae Asset Global 2.163 118.592 19,1 33,06 5,91 0,79
Spx Nimitz Feeder Macro Spx Gestao 816 2.900.324 19,06 51,62 4,69 0,98
Claritas Long Short FI Livre Claritas 154 67.033 18,86 33,38 3,58 1,21
Itau Person. Hedge 30 Macro Itau Unibanco SA 3.990 248.175 18,56 30,26 2,3 1,77
Murano FIC de FI Mult Livre Murano Invest. 320 47.300 18,4 41,79 10,72 0,42
Safra Galileo FI Mult Livre J Safra Asset 6.669 13.520.522 18,14 42,15 7,42 0,54
Garde D Artagnan Macro Garde Asset 917 2.318.370 17,99 46,06 3,72 0,97

Fonte: Economática. Até 30 de dezembro.

 

 

Menores rendimentos sem exterior
Nome Classe Gestora Cotistas Patrimônio R$/Mil 2016 2015/2016 VaR Sharpe 1 ano
Brasil Plural Equity Hedge 30 Livre Brasil Plural 985 519.955 5,41 22,88 5,04 -1,49
Gf Equity Hedge Livre Brasil Plural 964 81.934 5,41 22,67 5,13 -1,46
BTG Pactual Equity Hedge Livre BTG Pactual 134 47.475 6,94 25,77 4,09 -1,51
Iporanga Macro Macro Iporanga Invest. 660 83.502 7,36 59,2 8,54 -0,65
Brasil Plural Macro Macro Brasil Plural 199 42.179 8,96 27,38 3,44 -1,3
Mapfre Inversion Livre Mapfre Dtvm 505 56.631 10,45 25,86 1,49 -2,08
Kgr Total Fc FI Mult Macro Kyros Invest. 289 209.745 10,5 30,42 5,9 -0,41
Kadima II FICFI Mult Livre Kadima Asset 343 93.399 10,58 28,92 4,44 -0,65
Wa Multitrading Adv Top Livre Western Asset 1.005 118.638 11,22 26,19 1,81 -1,3
Santander FICFI Total Livre Santander 5.482 196.703 11,29 24,18 1,32 -1,79
BTG Pactual Hedge Plus Livre BTG Pactual 448 121.342 11,5 31,43 3,59 -0,6
Wm Macro Allocation Macro Citibank 163 36.273 11,65 26,99 1,13 -1,8
Santander FICFI Total II Livre Santander 602 121.904 11,69 25,63 2,82 -0,7
Bozano Quant FI Mult Livre Bozano 185 483.432 12,25 29,66 1,87 -0,8
Bradesco Prime FICFI Livre Bram 1.081 57.598 12,36 25,54 2,21 -0,63
BTG Pactual Hedge Livre BTG Pactual 108 76.983 12,45 24,83 1,52 -0,89
Safra Currency Hedge 30 Livre J Safra Asset 1.303 400.098 12,45 42,68 4,29 -0,29
Xp Unique Quant Feeder Livre XP Gestão 1.724 94.669 12,47 28,98 4,68 -0,28
Absolute Hedge Macro Absolute 1.041 246.144 12,48 30,45 3,03 -0,41
Ibiuna Hedge Macro Ibiúna Gestão 290 297.546 13,26 28,62 4,18 -0,12

Fonte: Economática

 

 

Maiores fundos  do mercado
Nome Classe Gestora Cotistas Patrimônio R$/Mil 2016 2015/2016 VaR Sharpe 1 ano
CSHG Verde Macro Verde Asset 1.530 1.323.313 14,95 47,86 4,49 0,22
SPX Nimitz Macro SPX Gestao 816 2.900.324 19,06 51,62 4,69 0,98
Garde D’Artagnan Macro Garde Asset 917 2.318.370 17,99 46,06 3,72 0,97
Safra Galileo Special Livre J Safra Asset 13.797 2.258.251 17,02 38,64 7,19 0,42
Safra Absoluto 30 Livre J Safra Asset 3.665 1.902.868 15,52 34,58 4,24 0,35
CSHG Top 30 Livre CSHG 3.056 1.769.753 14,9 36,41 3,77 0,24
Itau Hedge Macro Itau 2.026 1.515.886 18,54 30,28 2,31 1,75
Kondor Lx Macro Kondor Invest 805 1.511.518 15,68 38,63 3,26 0,48
Gávea Macro Livre Gávea Invest. 961 1.480.458 16,04 47,45 5,81 0,35
Canvas Enduro 30 CSHG Macro Canvas Capital 727 1.399.604 13,49 26,83 4,23 -0,06
Safra Carteira Instit. Livre J Safra Asset 4.376 1.394.240 14,32 30,51 1,54 0,21
Jgp Strategy Livre Jgp Ltda 216 1.155.280 15,46 33,34 2,52 0,54
Jgp Max Livre Jgp Ltda 274 1.117.866 14,86 31,05 1,61 0,5
Itau Person. Multifundos Livre Itau 15.244 1.058.357 16,59 36,72 2,87 0,85
Itau Hedge Plus Vertice Macro Itau 154 859.443 26,2 36,82 4,92 2,22
Jgp Equity Estrat. Específ. Jgp Ltda 406 855.197 25,06 26,57 14,06 0,76
ARX Extra Livre ARX Invest. 1.919 780.846 24,61 36,36 6 1,59
Safra Mix 15 Livre J Safra Asset 3.713 720.590 16,49 38,29 5,8 0,42
Itau Person. K2 Macro Itau 11.715 717.957 15,79 28,64 1,22 1,32
Ibiúna Hedge Str Macro Ibirapuera 150 632.991 14,33 35,53 11,61 0,09

Fonte: Economática. Dados até 30 de dezembro.

 

 

 

 

 

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Receba nossas novidades no seu e-mail.
Enviar