Arena Especial, Indicadores

Vendas do Dia das Mães crescem após dois anos de queda, mostram Serasa e SCPC

vendas_negocios_empreendedorismo_comercio

As vendas do comércio para o Dia das Mães cresceram este ano em relação ao ano passado. Foi o primeiro crescimento desde 2014, conforme dados de duas instituições, a Serasa Experian e a Boa Vista SCPC. Os números reforçam a expectativa de recuperação da economia este ano, já que as vendas da data só perdem para o Natal. Segundo os analistas das duas empresas, a queda da inflação, que aumenta a renda real das pessoas, a redução dos juros, que diminui as prestações dos parcelamentos, e a liberação das contas inativas do FGTS ajudaram no crescimento das vendas.

As vendas cresceram 1,6% em 2017 em comparação a 2016 de acordo com os dados de abrangência nacional da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Segunda data comemorativa mais importante do comércio, o Dia das Mães trouxe boas notícias aos varejistas, uma vez que apresentou crescimento após dois anos consecutivos de queda. Em 2016 o comércio recuou 4,6% nesta data e, em 2015, 1,2%, diz a Boa Vista.

Segundo a Boa Vista, o movimento do Dia das Mães segue a tendência de recuperação das vendas do varejo em 2017, apesar de uma cautela maior por parte do consumidor. A melhora é decorrente, principalmente, de um recuo na inflação e de uma tendência gradativa de queda nos juros, e que tende a se acentuar, como mostram as projeções do mercado.

O número é um bom sinal para a economia brasileira, que pode ter saído da recessão no primeiro trimestre deste ano, como indica o IBC-Br, divulgado hoje pelo Banco Central (BC).
Metodologia
O cálculo do volume de vendas para esta data foi baseado em uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Para esta data foram consideradas as consultas realizadas no período de 8 a 14 de maio de 2017, comparadas às consultas realizadas entre 2 e 8 de maio de 2016.
Serasa também mostra recuperação

O Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio – Dia das Mães 2017, também registrou aumento, de 2,0% na semana do Dia das Mães, entre os dias 8 e 15 de maio, em relação ao período equivalente de 2016 (2 a 8 de maio). No ano passado, houve queda nas vendas de 8,4%, a maior desde que o indicador foi criado, em 2003. O percentual positivo na atividade do comércio nesta data comemorativa em 2017 é o primeiro registrado desde 2014.

Fim de semana cresceu 1%

Já no final de semana do Dia das Mães (12 a 14 de maior) o aumento nas vendas no país foi de 1,0% na comparação com o final de semana comemorativo da data de 2016 (6 a 8 de maio).

O indicador também apurou que na cidade de São Paulo as vendas realizadas na semana do Dia das Mães cresceram 3,3% frente à semana similar de 2016. No final de semana da data comemorativa desse ano o comércio da capital paulista registrou aumento de 0,6%.

FGTS ajudou

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a redução consistente da inflação, a queda dos juros e o ingresso dos recursos do FGTS na economia foram os principais fatores que conseguiram gerar um resultado positivo para a venda do Dia das Mães, após dois anos seguidos de retração.

Artigo AnteriorPróximo Artigo