Arena Especial, Indicadores

Primeira prévia do IGP-M sobe 0,10% e confirma queda da inflação; IPC-S desacelera

supermercados_precos_inflacao_inpc_ipca

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,10% na primeira prévia de fevereiro, taxa inferior ao 0,86% da primeira prévia de janeiro. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), com a prévia, o IGP-M acumula inflação de 5,40% em 12 meses. Já o IPC-Semanal, também da FGV, subiu menos em seis das sete capitais pesquisadas. Os números confirmam a tendência de desaceleração da inflação neste início de ano, apesar das pressões maiores do período. Ontem, o IPCA de janeiro registrou a menor alta em 19 anos, com 0,38%, abaixo das expectativas do mercado.

A queda da inflação entre janeiro e fevereiro foi puxada principalmente pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo. A inflação do subíndice, que representa 60% do IGP-M, recuou de 1,13% na primeira prévia de janeiro para 0,01% na primeira prévia de fevereiro.

A inflação de varejo, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor, caiu de 0,40% em janeiro para 0,22% em fevereiro. O Índice Nacional de Custo da Construção, subiu de 0,22% para 0,39% no período.

Inflação semanal também em baixa

A inflação do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) recuou em seis das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) entre a última semana de janeiro e a primeira semana de fevereiro. A maior queda da inflação foi observada em Belo Horizonte: 0,23 ponto percentual, ao recuar de 1,04% na última semana de janeiro para 0,81% na primeira semana de fevereiro.

Também tiveram recuos superiores à média nacional, de 0,08 ponto percentual, as cidades de Brasília (0,17 ponto percentual, ao passar de 0,57% para 0,40%), do Rio de Janeiro (0,11 ponto percentual, ao passar de 0,72% para 0,61%) e  de Porto Alegre (0,09 ponto percentual, ao passar de 0,53% para 0,44%).

Outras cidades com recuo foram São Paulo (0,05 ponto percentual, ao passar de 0,75% para 0,70%) e Salvador (0,01 ponto percentual, ao passar de 0,50% para 0,49%).

Por outro lado, Recife foi a única cidade com alta na inflação, ao subir 0,09 ponto percentual, de 0,81% na última semana de janeiro para 0,90% na primeira semana de fevereiro.

As informações são da Agência Brasil.

Artigo AnteriorPróximo Artigo