Arena Especial, Banco Central

Mercado reduz IPCA para 4,36% este ano e Selic para 9,25%; Top Five vê juro a 8,5% em 2018

inflação_supermercado_preços_vendas_consumo

O mercado voltou a reduzir suas projeções para a inflação e para os juros neste ano, conforme pesquisa do Banco Central (BC) divulgada em seu relatório semanal Focus. A projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), usado nas metas de inflação do BC, caiu para 4,36% na semana encerrada dia 24, ante 4,43% na anterior. Foi a oitava redução consecutiva da projeção, que acompanha as surpresas positivas nos índices divulgados neste início de ano, quase todos abaixo do esperado pelo mercado. Para o ano que vem, a projeção geral do mercado para o IPCA se manteve em 4,50%.

IGPs também em desaceleração

Outros índices de inflação também foram revistos para baixo, caso do IGP-DI, que caiu de 4,72% para 4,62% neste ano e de 4,70% para 4,68% em 2018, e o IGP-M, de 4,95% para 4,79% este ano e de 4,68% para 4,58% em 2018. O IGP-M de fevereiro abaixo do esperado divulgado na semana passada, com os preços no atacado em queda por conta da baixa do dólar no mercado brasileiro, ajudaram a melhorar as expectativas para a inflação dos IGPs.

Juros também em baixa

Com a inflação em queda, o cenário para os juros também melhora e o mercado reduziu sua projeção para a taxa básica Selic no fim deste ano, de 9,50% para 9,25% ao ano. Para 2018, porém, o juro Selic segue em 9% ao ano.

PIB igual este ano e melhor no ano que vem

O mercado manteve a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 0,48% este ano, pela segunda semana seguida, mas aumentou a de 2018, de 2,30% para 2,37%, com a projeção de produção industrial aumentando de 2,10% para 2,18% no ano que vem. Neste ano, a projeção é de alta mais modesta da produção industrial, 1,09%, ante 1% na semana anterior.

A taxa de câmbio foi mantida em R$ 3,30 no fim deste ano e em R$ 3,40 no ano que vem.

Inflação mais baixa no curto prazo

As projeções para o curto prazo também estão em queda, com as estimativas para fevereiro para o IPCA recuando de 0,48% para 0,44%, a quarta redução semanal. Para março, a estimativa baixou de 0,35% para 0,41%, também pela quarta semana. Já o dólar foi revisto de R$ 3,14 para R$ 3,10 em março.

Top Five vê Selic em 8,5% em 2018

Olhando as projeções das cinco instituições que mais acertaram, porém, a queda pode ser maior. A projeção para o IPCA de fevereiro caiu de 0,43% para 0,38% e, para março, de 0,28% para 0,20%. Para o ano, os Top Five, como são chamados os bons de projeções, reduziram o IPCA de 4,26% para 4,07% em 2017 mantendo 4,50% para 2017.  A taxa Selic seguiu a média, caindo de 9,50% para 9,25% este ano, mas para 2018, a estimativa caiu de 9% para 8,50%, mostrando uma expectativa de um BC mais agressivo no ano que vem no corte dos juros.

Artigo AnteriorPróximo Artigo