Arena Especial, Gestão de Patrimônio

Caixa já liberou R$ 24 bilhões de contas inativas do FGTS

saque_FGTS_contas_inativas_caixa

A Caixa Econômica Federal pagou R$ 24,4 bilhões aos beneficiários, na terceira rodada de saques de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), até o dia 16 de maio. Têm direito ao saque os nascidos nos meses de junho, julho e agosto. Até o momento, o valor pago nas três primeiras fases equivale a 84,3% do total previsto (R$ 29 bilhões) para as etapas já liberadas.

O número de trabalhadores que já sacaram os recursos das contas inativas do FGTS superou 15,8 milhões e representa 79% das 20,1 milhões de pessoas nascidas no período de janeiro a agosto.

O valor supera a marca de 55% do total de recursos (R$ 43,6 bilhões) disponíveis pela MP 763/216, que libera o acesso às contas inativas do Fundo de Garantia. O número de trabalhadores que sacaram, nas primeiras etapas, equivale a 52% do total de 30,2 milhões beneficiados pelo saque das contas inativas do FGTS, de acordo com a medida provisória.

Sem ir à agência

Nem todos os beneficiários são obrigados a comparecer a uma agência da Caixa para receber os recursos. Quem for cliente do banco pode ter o saldo depositado automaticamente em sua conta bancária. Os trabalhadores que tiverem até R$ 1,5 mil nas contas inativas poderão fazer os saques no autoatendimento, utilizando a senha do Cidadão. Valores de até R$ 3 mil vão requerer o cartão cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas ou correspondentes da Caixa.

Saque acima de R$ 3 mil

Para o trabalhador que quer resgatar contas com saldos superiores a R$ 3 mil, é recomendado que compareça ao banco com documento de identificação, carteira de trabalho ou alguma comprovação de rescisão do contrato. Já para os valores acima de R$ 10 mil é obrigatória a apresentação dos documentos.

A próxima rodada de pagamentos será no dia 16 de junho para os trabalhadores nascidos em setembro, outubro e novembro. A seguinte ocorre em 14 de julho, para os nascidos em dezembro.

A data limite na Caixa Econômica para saque é o dia 31 de julho.

Direito ao saque

Todo trabalhador que pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31 de dezembro de 2015 tem direito ao saque das contas inativas de FGTS.

O trabalhador que ainda não sabe se tem dinheiro a receber pode acessar o site sobres as contas inativas. Lá, ele pode verificar o valor a receber, a data do saque e os canais disponíveis para pagamento.

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Receba nossas novidades no seu e-mail.
Enviar