Ações na Arena, Índices

Oi sairá de seis índices da BM&FBovespa, incluindo o de Small Caps

Ações na Arena

As ações da Oi vão sair das carteiras teóricas de seis índices da BM&FBovespa hoje, por conta do pedido de recuperação judicial feito pela empresa ontem. Haverá um procedimento especial de negociação, o chamado call de fechamento, para definir o preço que será usado para calcular a retirara das ações preferencias (PN, sem voto, OIBR4) e ordinárias (ON, com voto, OIBR3).

Após o encerramento do pregão, todas as carteiras teóricas dos índices serão rebalanceadas  com a exclusão de OI PN e OI ON. E os índices abrirão amanhã sem os papéis.

A Oi faz parte de índice importantes para o mercado, como o Índice Brasil 100 (IBrX-100), que tem o mesmo cálculo do Ibovespa, mas com 100 papéis, e é muito usado por fundos de pensão e grandes investidores para balizar suas aplicações mais diversificadas.

Outro índice importante é o Small Caps (SMLL), de pequenas empresas, que tinha a empresa entre seus papéis, apesar de ela ser uma das maiores companhias do país.

Por ironia, a Oi, com seu longo histórico de disputas com minoritários e agora, financeiros, fazia parte de dois índices de governança corporativa, o Índice de Governança Trade (IGCT) e o Índice de Ações com Governança Corporativa Diferenciada (IGC). Fazia ainda parte do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) e do Índice Brasil Amplo BM&FBovespa (IBrA).

Artigo AnteriorPróximo Artigo
Receba nossas novidades no seu e-mail.
Enviar