Arena do Pavini

O que o mercado tem a dizer para o investidor


21
novembro
20:00

Ibovespa sobe 5% com especulações sobre equipe econômica; Petrobras avança 12%

Ibovespa sobe 5% com especulações sobre equipe econômica; Petrobras avança 12%

As especulações sobre os novos nomes da equipe econômica agitaram o mercado brasileiro aliadas ao corte de juros chinês e aos anúncios de possíveis estímulos econômicos na Europa. O Índice Bovespa fechou em alta de 5,02%, aos 56.084 pontos, seu maior nível desde o dia 15 de outubro deste ano. Petrobras subiu quase 12%, com o maior ganho desde 2008. Dólar e juros caíram com força.

continue lendo

21
novembro
19:08

Dilma adia anúncio de nomes de ministros

Dilma adia anúncio de nomes de ministros

A presidente Dilma Rousseff não vai anunciar nesta sexta-feira nomes de novos ministros. A informação do Palácio do Planalto é que nenhum anúncio será feito hoje, após várias horas de expectativas, inclusive com manchetes no noticiário online de alguns jornais, com nomes que seriam indicados para as principais pastas da área econômica.

continue lendo

21
novembro
17:51

Fitch vê melhora dos bancos menores no Brasil

Fitch vê melhora dos bancos menores no Brasil

Apesar de um dos piores ambientes macroeconômicos dos últimos trimestres – com uma economia crescendo modestos 0,4% este ano – os bancos brasileiros de pequeno e médio portes apresentaram melhoras em suas estruturas e em suas carteiras de crédito no terceiro trimestre, afirma a agência de classificação de risco Fitch Ratings. Em relatório enviado aos clientes, a agência afirma que essas instituições tiveram lucros reduzidos, “porém adequados”, e devem se beneficiar da alta dos juros básicos.

continue lendo

21
novembro
13:55

Petrobras sobe 7% e Vale 8% com China e expectativa com ministro da Fazenda

Petrobras sobe 7% e Vale 8% com China e expectativa com ministro da Fazenda

As ações da Petrobras estão em forte alta hoje, puxando para cima o Índice Bovespa, na expectativa de que seja anunciado hoje o nome do futuro ministro da Fazenda e com a melhora dos preços das commodities no mercado internacional. Jornais falam nos nomes de Joaquim Levy, ex-secretário do Tesouro e hoje presidente da BRAM, Nelson Barbosa, ex-secretário-executivo do Ministério da Fazenda, e Alexandre Tombini, presidente do Banco Central.

continue lendo

+ ver mais 10