Arena do Pavini

O que o mercado tem a dizer para o investidor


27
fevereiro
21:22

Com alta de 9,97%, Ibovespa lidera aplicações em fevereiro; no ano, ouro ganha, com 10,45%

Com alta de 9,97%, Ibovespa lidera aplicações em fevereiro; no ano, ouro ganha, com 10,45%

A recuperação da bolsa marcou o mês de fevereiro. O Índice Bovespa, que reúne os principais papéis do mercado, fechou em alta de 9,97%, com a recuperação de papéis importantes como Petrobras e Vale. A alta das ações, porém, não coincide com a perspectiva para a economia do país, que piorou neste mês. O dólar ficou em segundo lugar, influenciado pelo pessimismo com o Brasil e pela alta no exterior. Já o ouro liderou as aplicações no ano de carona no dólar e na preocupação com os muitos conflitos e incertezas ao redor do mundo.

continue lendo

27
fevereiro
18:37

Ibovespa fecha estável e acumula alta de 9,97% no mês; Petrobras ganha mais de 3%

Ibovespa fecha estável e acumula alta de 9,97% no mês; Petrobras ganha mais de 3%

Depois de registrar alta de mais de 1% no período da tarde, o Índice Bovespa fechou com leve baixa de 0,34%, aos 51.583 pontos, fechando o mês com alta de 9,97%. Após bater os R$ 2,91, a divisa americana no segmento comercial brasileiro fechou com recuo de 1,03%, a R$ 2,86 na venda. Gol lidera o pior desempenho do mês no Ibovespa, com queda de 14,08%. Petrobras subiu 17% e Vale, 11,84%.

continue lendo

27
fevereiro
18:24

Conta de luz ficará até 39,5% mais cara em março, diz Aneel; CDE vai custar R$ 22 bi este ano

Conta de luz ficará até 39,5% mais cara em março, diz Aneel; CDE vai custar R$ 22 bi este ano

A partir da próxima segunda-feira, a conta de luz vai ficar mais cara para consumidores atendidos por 58 concessionárias. A revisão tarifária extraordinária para essas empresas foi aprovada hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), e a previsão é de um aumento médio de 23,4%. Os maiores aumentos serão para as distribuidoras AES Sul (39,5%), Bragantina (38,5%), Uhenpal (36,8%) e Copel (36,4%). Os reajustes mais baixos serão aplicados para as distribuidoras Celpe (2,2%) e Cosern (2,8%).

continue lendo

27
fevereiro
18:02

Mudanças na contribuição à Previdência trarão ganho de R$ 5,3 bi ao governo em 2015

Mudanças na contribuição à Previdência trarão ganho de R$ 5,3 bi ao governo em 2015

O aumento das alíquotas de contribuição à Previdência Social anunciado hoje fará o governo economizar R$ 5,35 bilhões em 2015, disse o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em entrevista coletiva. A partir de 2016, a economia aumentará para R$ 12,8 bilhões por ano. A mudança visa compensar a desoneração da folha de pagamento, que reduziu a arrecadação federal em R$ 25 bilhões por ano. Antes, as empresas recolhiam 20% sobre a folha e passaram a recolher 1% a 2% sobre o faturamento bruto. Levy destacou que o benefício para as empresas não teve a contrapartida esperada em geração de empregos e aumento da produtividade das companhias. Mas intenção era boa.

continue lendo

27
fevereiro
15:07

Advogado especialista em combate à corrupção assume vaga no conselho da Petrobras

Advogado especialista em combate à corrupção assume vaga no conselho da Petrobras

O advogado Luiz Navarro, especialista em combate à corrupção e compliance, sócio do escritório Veirano Advogados, foi indicado hoje para o conselho da Petrobras. Navarro trabalhou 10 anos na Controladoria Geral da União (CGU), onde foi secretário-executivo e secretário de Prevenção da Corrupção e corregedor geral. Ele assume a vaga que era de Mario Zimmermann.

continue lendo

27
fevereiro
14:58

Brasil perde 81,8 mil postos de trabalho em janeiro, pior número em 6 anos, mostra Caged

Brasil perde 81,8 mil postos de trabalho em janeiro, pior número em  6 anos, mostra Caged

Houve redução no número de vagas de emprego no Brasil no mês de janeiro, mostrou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta sexta-feira. No período, o país registrou 1.600.094 admissões e 1.681.868 desligamentos, o gera um saldo negativo de 81.774 postos de trabalho. O Ministro do Trabalho, Manoel Dias, afirmou em comunicado que questões sazonais têm forte impacto no cenário.

continue lendo

27
fevereiro
13:47

ONS estima chuvas abaixo da média em março para Sudeste e Centro-Oeste

ONS estima chuvas abaixo da média em março para Sudeste e Centro-Oeste

As análises preliminares do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indicam que o mês de março repetirá o início do ano, uma vez que a previsão é que ocorram chuvas com volumes abaixo da média histórica para as regiões Sudeste e Centro-Oeste. A Energia Natural Afluente (ENA) no Sudeste deverá ficar em 66% da média histórica para a primeira semana de março e encerra o mês com volumes em 69% da média histórica. No Sul, região geralmente caracterizada por um período de chuvas, a previsão para o final de março é de precipitações de 152% da média histórica.

continue lendo

27
fevereiro
13:42

Setor de construção começa ano com queda na atividade, diz CNI

Setor de construção começa ano com queda na atividade, diz CNI

O ano começou com a queda da atividade da construção, na avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Conforme dados coletados pela confederação, a queda na atividade no setor se acentuou em janeiro, ampliando a ociosidade, com o índice de evolução recuando de 39,4 pontos para 36,9, de dezembro de 2014 a janeiro de 2015. O número de empregados caiu de 39,4 para 37,8 pontos. Os indicadores variam de 0 a 100 pontos e, quando estão abaixo dos 50, mostram que a atividade e o emprego caíram no mês.

continue lendo

+ ver mais 10